terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Porque foste o que tinha de ser.

Amanheceu o dia tinindo nas minhas pálpebras. Vermelhos, meus olhos, se amassavam entre os meus dedos para observar melhor o dia clareando. Apenas um amanhecer. Apenas o início. Na vizinha, cuzcuz. No fogo, café. É esplêndido ter a chance desse momento. Viva a liberdade!

"a vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida ... "

Nenhum comentário:

Postar um comentário